SIGAM-ME OS BONS!!!

Galerinha, vou começar a postar de novo, porém em outro lugar:

http://blogfactoide.blogspot.com/

Segue la que vem novidade!

Como diria um Grande Amigo, 78 Abraços!

Publicado em Momentos | Deixe um comentário

Redes Sociais.

Conversando com minha noiva, percebemos que temos (Graças a Deus!) muitos amigos, e não é só isso, temos vários círculos de amizade, escolas, faculdades, cursos, amigos de amigos, e percebemos o quanto somos gratos por isso, e o quando isso faz bem, somos naturalmente seres coletivos, e a cada dia que passa as relações interpessoais são cada vez menos pessoais, não é uma critica a internet e suas redes sociais, seria muito leviano da minha parte mesmo porque eu e minha noiva primeiramente nos conhecemos via twitter, apesar de termos uma amiga em comum (minha de infância, dela de faculdade).

Não sei o porque exatamente, mas parece que nossas rotinas tendem a nos isolar, cargas de trabalho, tempo curto, é cada vez mais precioso nosso tempo, e mais escasso. E a facilidade de nos conectarmos remotamente, nos deixa assim, eu acho! Por esta facilidade, nos prendemos cada vez mais a redes sociais, como é bom saber que uma pessoa querida esta bem, mesmo morando quilometros de distância, com apenas alguns “clicks”, e ainda dizer que temos saudades e nos importamos com elas. Fico muito aliviado com os lembretes de aniversários, sou péssimo com data, anos atrás lembrava só do aniversário do meu irmão porque dividimos a data (não, não somos gêmeos! foi acaso!). Rever um amigo de faculdade que você nunca mais viu, e melhor ainda, receber alguma foto antiga que você não tem, ou mesmo um recado e sentir que é lembrado ainda, e fez parte, a parte bos da vida de alguém e retribuir isso.

Porém melhor que isso, sem dúvidas é encontrar a galera pessoalmente, gastar um bom tempo colocando o papo em dia, relembrando velhas estórias e dividindo histórias, rir até a barriga doer das gafes, desentendimentos esdrúxulos e coisas do gênero. Ou até mesmo receber aquele telefonema do nada e um amigo te chamar pra conversar, pois  ele precisa muitas vezes é somente isso, conversar, as vezes sobre nada, as vezes sobre tudo. E até quando nós precisamos, e temos com quem contar, só pra nos ouvir.

Uma vez eu li que amigos são irmãos que escolhemos, e é isso que eu acredito! Por isso, não desperdice a oportunidade de trocar a rede social virtual, pela sua rede social real, é muito mais divertida, e faz bem para o coração; Provavelmente sim!

Publicado em Biografia, Comportamento, Momentos | Deixe um comentário

E o Futuro?

“O futuro pertence a quem crê na beleza de seus sonhos.”
( Eleanor Roosevelt )

Vivemos a era da velocidade, tudo é muito ágil. Nos da uma sensação fugaz, tudo é ansiedade, tudo é pra ontem. O mercado financeiro anda neste pé! Acho que é o fim dos tempos mesmo. A maior potência do mundo (U.S.A.) anda mal das pernas, faz um tempo, mas parece que a coisa degringolou, mas é culpa muito de nossa ansiedade, ninguém quer arriscar seu rico dinheirinho pelo Tio Sam. Nesta agilidade e facilidade, muita gente ganhar e perde muito, dinheiro, saúde , família…Antes eramos devedores do FMI, hoje somos credores, somos os um dos maiores credores dos americanos também! Temos muito pra crescer, e muito pra conquistar também. Nos resta começar por nós! Temos naturalmente um tino empreendedor e comerciante, em muitos. Mas na maioria não sabemos trabalhar corretamente nosso dinheiro, temos que poupar, fazer o dinheiro trabalhar por nós, não sei se teremos ta a mesmo sorte, como no livro “Pai rico, Pai pobre” ( Que recomendo), mas é preciso tentar, virar a mesa quebrar paradigmas. Para você como eu tem na faixa dos 25 e 35 anos, temos força física e mental para começarmos qualquer coisa do zero, na maioria das vezes somos nossos maiores inimigos, nossos medos, preguiças, acomodações, são como ferrugem que no mata a cada dia e a nosso futuro vai junto! Deixe tudo isso para traz, nada esta perdido ainda, ambição não faz mal, tenha isso e mais uma grande dose de atitude pró-ativa, não precisamos mais depender de nossos pais, eles podem nos apoiar, mas arregace as suas mangas, mova o mundo se precisar, mas acima de tudo persevere, não desista, por mais que todos digam que será impossível, impossível é uma palavra que inventaram pra dizer que uma coisa dificilmente aconteceriam, mas somente pra quem diz. NINGUÉM nasce merecendo nada, NADA! O Brasil nos da a oportunidade de um alpinismo social nunca visto, não precisa nascer em berço de ouro, só precisa saber aonde se quer chegar, você saber? Pense no seu futuro, mire no alvo e acerte!

“O melhor da vida é o passado, o presente e o futuro.”
( Pier Paolo Pasolini )
Publicado em Comportamento, Momentos | Deixe um comentário

Sobre Bullying e o mundo atual…

Ontem em uma realidade paralela artificial chamada Twitter, um tópico foi muito acessado, o Zangief Kid. Pra quem não conhece, Zangief é um personagem do game, Steet Fighter, que tem seu principal golpe um “Pilão”, na qual finaliza seus adversários. É exatamente isso que o Garotão fez ao seu franzino Algoz. Veja:

Bem, este vídeo gerou um bocado de discussão com a situação. Alguns provavelmente se identificaram no papel do gordinho, sempre zuado, vítima de bullying, e se sentiram vingados pelo desfecho. Outros ficaram indignados com a reação desproporcional, visto a diferença do tamanho entre os dois, e que ainda bem que aparentemente nada pior aconteceu. Um terceiro grupo ainda criticou como isso geraria mais violência. Mas o que mais se viu foram pessoas apenas rindo da situação.
Confesso que orbitei entre as quatro posições, acho que Bullying existe desde quando existem crianças no mundo, e tentar lutar contra isso é um tiro n’água, mas pode se tornar uma gota n’água, se os responsáveis pela educação da criança (pais, professores, coordenadores, etc…), tiverem muita paciência e confiança dela. Porque mesmo a criança não sendo a parte ativa do bullying ela provavelmente será a parte passiva, e isso acontecerá naturalmente, independente de seu meio, uso de internet, TV, radio etc.
O modo que isso vem para na “boca do povo” e provoca tais discussões é que deve ser aproveitada também, internet é isso mais um canal, o mais democrático deles, para todos darem suas opiniões, usem este espaço com responsabilidade, para ela ser sempre assim, democrática.
Sempre com um espaço para se rir um pouco também, não é? Na esportiva! A vida da gente é tão dura já… Provavelmente sim!
UPDATE!!!
A ENTREVISTA COM O GAROTO, AGORA LEGENDADO!!!

Publicado em Momentos | Deixe um comentário

Decisões…


Vou divagar um pouco mais neste post, me arriscar um pouco mais nos meus próprios pensamentos, o caso é o seguinte, a internet nos põem hoje em dia em contato direto com fatos, pessoas, e conhecimentos que nunca imaginaríamos saber, ou acharíamos que seriam apenas estórias, sou muito grato a internet e a todos que a compõem. Bem partindo deste agradecimento a que venho contar uma história, que se fosse trágica e fatal com certeza não estaria escrevendo aqui agora. Toca-me muitos relatos de superação, é algo que me motivam, histórias sobre esportes, e até de sobrevivência, e como essas pessoas estão aqui entre nós para nos relatar algo e como isso as transformou.
É assim que vou contar sobre Aron Ralston Lee, este engenheiro, alpinista e maluco por adrenalina, no dia 27 de abril de 2003, sai de casa sozinho, sem avisar ninguém em direção ao deserto de Utha, depois de dirigir o carro por cerca de 2 horas, pega sua bicicleta e anda por mais quase 30 km, em direção aos cânions daquela região. Depois de guiar duas garotas a um espelho d’água, segue sozinho sua jornada, ao tentar descer um desses cânions, uma pedra deslizar e prende seu braço contra a parede rochosa deste estreito lugar, com água e comida restrita. Após 24 h preso resolve gravar o seu calvário, e já se despede de sua família.
Daí segue mais quatro dias, entre lembranças, delírios, até a decisão cabal, de amputar a própria mão em benefício da vida, segundo o Diretor (do filme que retrata os fatos) Danny Boyle, todos nós seriamos capazes dessa realização. Eu digo que talvez não, Aron com certeza é um daqueles caras que contamos o que ocorreu pra não tenhamos que repetir isso, mas o que levou ele a tomar esta decisão (talvez a mais certa da sua vida) é o que nos cativa, a sua família, e a sua infinita vontade de viver, foram fatores determinantes para a sua sobrevivência, pois, após a amputação, quebrando os ossos na marra, e cortando músculos e tendão com uma lamina pequena e cega, ainda teve que se arrastar por kilometros de cânions até ser achado a cerca de 2 km do seu carro, que raça!

Bem, ao ver o filme (“127 horas”) e ler (um pouco) sobre a biografia de Aron, me fizeram refletir algumas coisas, conclusões que ele mesmo chegou. Seu orgulho e egoísmo (“-Posso fazer tudo por minhaconta.”), o colocaram neste extremo, sem avisar ninguém aonde ia, OOOPS!…Ele teve convicção por fim que aquilo estava predestinado a ele, aquela pedra estava esperando por ele desde seu nascimento, estavam em rota de colisão, fruto de cada decisão dele até ali, diante disso só tenho a dizer, Deus tem um planos para tudo e todos, ele esta La, com você, para você. Está em qualquer decisão que você tome, basta prestar um pouquinho de atenção e olhar ao redor para se convencer que ele esta La, e o tempo é dele, às vezes dói, mas um não agora é um sim adiante. E somos assim mesmo, não é exatamente destino, é o fruto de cada decisão que tomamos, só eu e nós sabemos os créditos e prejuízos de cada decisão, e não estamos sozinhos.
Nunca desista da sua vida, da sua família seu amor, depois desta experiência Aron casou-se, ano passado teve um filho, e nunca deixou de escalar, mas agora ele avisa aonde vai quando sai de casa? PROVAVELMENTESIM#
Citações do filme: “-Não desista Aron, não desista!”…”Não há força na terra mais poderosa do que a vontade de viver”…complementaria com a FÉ!
Ps: Ja era Fã de James Franco, ator que só melhora e tem a melhorar, Danny Boyle então, tanto diretor quanto ator, um dos melhores desta geração.
Segue o Trailer de “127 horas”, for e vale a pena!

Publicado em Biografia, Comportamento, Curiosidades, Momentos | 2 Comentários

10 coisas sobre sonhos que quase ninguém sabe…

Hoje minha noiva logo pela manha me ligou e disse que tinha sonha comigo, mas era mais pra pesadelo, não vou contar pra deixa-los curiosos, o caso é que muitas vezes sonhamos com coisas que aparentemente não tem muito sentido. Eu mesmo tenho sonhos cinematograficos, e as vezes, eu retorno ao mesmo sonho, dias, meses, anos depois…Muito estranho…

10. Cegos também sonham

Pessoas que se tornaram cegas após o nascimento podem ter sonhos com imagem. Pessoas que nasceram cegas não vêem quaisquer imagens, mas também têm sonhos vívidos envolvendo seus outros sentidos como sons, cheiro, toques e emoções. É difícil para uma pessoa que vê imaginar, mas a necessidade de sono é tão forte que o corpo é capaz de lidar com praticamente todas as situações físicas para que isso aconteça.

9. Você esquece de 90% dos seus sonhos

Depois de 5 minutos acordado, você esquece metade dos seus sonhos. O famoso poeta, Samuel TaylorColeridge, acordou de uma manhã, depois de ter tido um sonho fantástico – pegou uma caneta e papel e começou a escrever a “visão de um sonho”, no qual tornou-se um dos mais famosos poemas ingleses: Kubla Khan. Parte do poema havia sido escrito (54 linhas para ser mais exato), quando ele foi interrompido por uma pessoa. Coleridge voltou ao seu poema, mas não podia lembrar o resto do seu sonho. O poema nunca foi concluído.

8. Todo mundo sonha

Todo ser humano sonha (exceto em casos de extrema desordem psicológica), mas homens e mulheres têm diferentes sonhos e diferentes reações físicas. Homens tendem a sonhar mais sobre outros homens, enquanto as mulheres tendem a sonhar igualmente sobre os homens e as mulheres. Além disso, tanto os homens como as mulheres relacionaram reações físicas aos seus sonhos mesmo que ele não
seja sexual; os homens costumam ter ereções e as mulheres aumentam o fluxo de sangue vaginal.

7. Sonhar previne psicose

Em um recente estudo, os alunos que foram acordados no início de cada sonho, mas ainda conseguiram dormir por mais 8 horas, enfrentaram dificuldade de concentração, irritabilidade, alucinações e sinais de psicose depois de apenas 3 dias. Quando finalmente foi permitido seu sono, recuperando o tempo perdido, aumentaram consideravelmente o percentual gasto na primeira fase.

6. Nós só sonhamos com o que conhecemos

Nossos sonhos estão frequentemente cheios de rostos estranhos – você sabia que sua mente não está inventando esses rostos? – eles são rostos de pessoas reais, que você viu durante sua vida, mas pode não saber ou se lembrar. O assassino do seu último sonho pode ser o cara que abasteceu o carro de seu pai quando você ainda era criança.
Todos nós já vimos centenas de milhares de rostos durante nossas vidas, por isso, temos uma infinidade de personagens para o nosso cérebro utilizar durante nossos sonhos.

5. Nem todos os sonhos são coloridos

12% da população sonha exclusivamente em preto e branco. O restante da população sonha com todas as cores. As pessoas também tendem a ter temas comuns em sonhos, como: escola, correndo devagar / no lugar, experiências sexuais, caindo, chegando tarde demais, uma pessoa que está viva – aparecendo morta, dente caindo, voando, em um acidente de carro, etc.
Ainda não é conhecido se o impacto de um sonho relacionado à violência ou a morte é mais emocionalmente para uma pessoa que sonha em cores do que aquela que sonha em preto e branco.

4. Os sonhos não são exatamente sobre o que eles são

Os sonhos falam em uma língua profundamente simbólica. A mente, inconsciente, tenta comparar o seu sonho a algo mais, que é semelhante. Portanto, qualquer que seja o seu sonho, é provável que seja somente um símbolo.

3. Pessoas que deixam algum hábito tem sonhos mais vívidos

As pessoas que fumaram por um longo tempo, e pararam, relataram ter sonhos mais vívidos do que o normal. Além disso, de acordo com o “Jornal de Anomalias Psicológicas”, em um grupo de 293 fumantes em abstinência entre 1 e 4 semanas, 33% relataram ter pelo menos 1 sonho que estava fumando. Na maioria dos sonhos, os indivíduos eram capturados pelos próprios fumantes e sentiram fortes emoções negativas, como pânico e culpa.

2. Estímulos externos invadem nossos sonhos

Chamado “incorporação no sonho”, é a experiência que a maioria de nós temos onde um som do mundo real é ouvido e incorporado no sonho, de alguma forma.

1. Você está paralisado enquanto dorme

A chamada paralisia do sono acontece durante o sono, como forma de evitar que o corpo se mova durante os sonhos. É um fenômeno natural que ocorre todas as noites, embora seja raramente notado pela própria pessoa enquanto se dorme. Momentos antes da mente despertar, a paralisia cessa. Por isso, raramente se tem consciência da sua existência. Se, porventura, a mente despertar antes do mecanismo de paralisação ser desativado, ocorre a consciência da paralisia do sono.
Esta consciência pode ser muito perturbadora, pois o indivíduo dá por si mesmo completamente paralisado, incapaz de mover os membros. A mente ainda está a atravessar um período de transição entre o estado de sono e o estado de vigilia (ou vice-versa) e nessa altura podem surgir alucinações hipnagógicas: presença de uma pessoa, ouvir vozes ou sons, sensação de flutuação ou de se sair do próprio corpo, imagens de pessoas, visualização de objetos, sensação de ver em redor mesmo tendo os olhos fechados, etc. Tanto as alucinações como a própria paralisia são inofensivas, existindo quem aproveite esta fase para induzir sonhos lúcidos ou alucinações agradáveis, e acontecem ocasionalmente, como resultado de uma má alimentação, maus hábitos de sono, estresse, etc. Por vezes, podem indicar a existência de um outro problema maior, como, por exemplo, a narcolepsia.
Estima-se que até 60% da população mundial já tenha passado por essa experiência pelo menos uma vez na vida. Em algumas culturas, isso significava pré-disposição ao xamanismo e contato com o mundo dos espíritos.

Publicado em Ciência, Comportamento, Curiosidades, Momentos | 6 Comentários

A história do homem mais forte do mundo!


Nick Vujicic nasceu sem braços ou pernas, em Melbourne, Australia. Seu pai estava tão chocada que saiu da sala para vomitar. E sua mãe não quis segurá-lo até que ele tinha quatro meses de idade, com a rara desordem Tetra-amelia: sem membros, faltando os dois braços na altura dos ombros, e sem pernas, mas com dois pés pequenos, um dos quais com dois dedos. Mas Vujicic era saudável.

Você pode achar a vida de Nick nada fácil. Quando ele tinha seis anos, seu pai lhe ensinou a escrever com os dedos. Quando ele tinha 8 anos de idade disse a sua mãe que queria se matar. Mas vamos acabar com a parte triste. Seus pais insistiam que Nick freqüentasse a escola regular. Ele foi proibido por lei estadual de Victoria de frequentar uma escola regular por causa de sua deficiência física, mesmo ele não sendo um deficiente mental. Durante a sua escolaridade, as leis foram mudadas, e Vujicic foi um dos primeiros estudantes deficientes físicos a ser integrado numa escola regular. Ele também aprendeu a usar um computador, jogar bolas de tênis, pentear o cabelo, escovar os dentes, atender o telefone, fazer a barba e obter um copo de água. Mais tarde, ele obteve um diploma em Planejamento Financeiro e Imobiliário. Agora, Nick vive a vida normal. Ele joga golfe, surfa, viagens, obras. E ele está à procura de uma namorada.

Hoje é um pregador e palestrante motivacional e diretor da Life Without Limbs. Nascido sem pernas e braços devido a rara síndrome Tetra-amelia.

Como sofreu bullying em sua escola, Vujicic cresceu muito deprimido e, com 8 anos de idade, começou a contemplar o suicídio. Depois de implorar a Deus para crescer os braços e pernas, Nick finalmente começou a perceber que suas realizações foram inspiradoras para muitas pessoas e começou a agradecer por estar vivo. A grande mudança em sua vida foi quando sua mãe lhe mostrou um artigo de jornal sobre um homem lidando com uma grave deficiência. Isso o levou a perceber que ele não era o único que lidava com grandes problemas. Quando ele tinha dezessete anos, ele começou a dar palestras em seu grupo de oração, e, finalmente, começou a sua organização sem fins lucrativos, a Life Without Limbs.

Seu DVD motivacional, um grande objetivo de vida, está disponível no site Life Without Limbs. A maior parte do DVD foi filmado em 2005, com um breve documentário sobre sua vida em casa e como ele faz as coisas sem seus membros. A segunda parte do DVD foi filmada em sua igreja local, em Brisbane, Austrália, e foi um dos seus primeiros discursos motivacionais profissionais. Um DVD para os jovens é intitulado: No Arms, No Legs, No Worries: Youth Version. Seus discursos motivacionais podem ser vistos no Premiere Speakers Bureau Website. Vujicic atualmente vive na Califórnia, Estados Unidos.

Vujicic deu sua primeira entrevista de televisão para todo o mundo, apresentada na ABC, com Bob Cummings, em 28 de março de 2008. Ele apareceu no curta metragem “Butterfly Circus”.

Publicado em Biografia, Comportamento, Curiosidades, Momentos | 13 Comentários